Homem é preso suspeito de abusar sexualmente da enteada, em Pirenópolis

Homem é preso suspeito de abusar sexualmente da enteada, em Pirenópolis

Segundo a delegada, auxiliar de serviços gerais foi denunciado pela mulher, após a filha revelar que padrasto a obrigou a ter relações sexuais com ele

18/03/2018 - 18:48 hs
Foto: (Polícia Civil/Divulgação)
Homem é preso suspeito de abusar sexualmente da enteada, em Pirenópolis
Homem de 40 anos foi preso suspeito de abusar da enteada, em Pirenópolis

Um auxiliar de serviços gerais de 40 anos foi preso, no sábado (17), suspeito de abusar sexualmente da enteada, de 14 anos, em Pirenópolis, na região central de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, a adolescente relatou o caso para a mãe, que procurou a delegacia para denunciar o caso.

A delegada Carla de Bem, responsável pelo caso, disse ao G1 que o padrasto praticava atos libidinosos com a menor, e chegou a ter relações sexuais com a vítima, quando ela tinha 12 anos de idade.

“A mãe trouxe este caso para a gente da polícia, ouvimos a vítima e ela relatou o abuso sofrido por ela, em atos praticados pelo padrasto na ausência da mãe. Trata-se de uma história grave, em que a menina chega a relatar que houve conjunção carnal entre os dois. Agora já o colocamos à disposição da Justiça. ”, explicou.

O homem foi preso preventivamente na noite de sábado, na casa em que morava coma mulher e a vítima, enteada dele. Conforme disse a delegada, a adolescente vai passar por exames complementares, feitos pela Polícia Técnico-Científica.

“Este vai ser mais um elemento deste caso grave de abuso sexual que apuramos”, afirmou.

Segundo a delegada, o homem vai responder por estupro de vítima menor de 18 anos, porém com idade igual ou maior a 14 anos. A pena, caso ele seja condenado, pode variar de 8 a 12 anos de prisão.