Saiba como usar ponto e vírgula em troca de e-mail com cliente

Confira as dicas

19/06/2018 - 01:24 hs
Foto: (reprodução)
Saiba como usar ponto e vírgula em troca de e-mail com cliente
Confira as dicas

A primeira coisa que todos devem saber é que o ponto e vírgula, pode muitas vezes ser substituído pela própria vírgula, porém o seu uso correto denota ao emissor um destaque no conhecimento da língua e por consequência um verniz de confiança e legitimidade no discurso, sobretudo no que diz respeito à organização do texto.

O ponto e vírgula (;) é um sinal intermediário entre o ponto e a vírgula, marcando uma pausa mais prolongada que a vírgula, no entanto menor que o ponto. Lembrando que tanto o ponto como a vírgula são pontuações que marcam pausas no desenvolvimento do texto.

Além disso, o ponto e vírgula deve ser utilizado para separar orações coordenadas independentes, normalmente já possuidoras de vírgulas internas. Vale lembrar que com o novo acordo ortográfico ele perdeu o hífen que separavas as três palavras.

Seu uso é comum na confecção de itens em contratos (de compra ou locação, por exemplo) e também auxilia muito o desenvolvimento de textos argumentativos, logo, convencer alguém de fechar um negócio pode ficar mais fácil quando se domina o uso do ponto e vírgula.

Algumas regras importantes:

• Quando o objetivo é separar orações coordenadas que já possuem pelo menos alguma delas a vírgula.

Ex.

A aluguel em São Paulo baixou, e muito; já no Rio, aumentou.

• Quando não há conjunções para unir orações coordenadas, no entanto com relação entre si.

Ex.

O edifício tem muitos apartamentos; o condomínio é barato.

• Para enunciados enumerativos, típico em manuais de instrução, livros didáticos, textos jurídicos, receitas etc.

Ex.

SEÇÃO IV

Dos deveres do locador e do locatário

Art. 22. O locador é obrigado a:

I – entregar ao locatário o imóvel alugado em estado de servir ao uso a que se destina;

II – garantir, durante o tempo da locação, o uso pacífico do imóvel locado;

III – manter, durante a locação, a forma e o destino do imóvel;

IV – responder pelos vícios ou defeitos anteriores à locação;

• Na separação de orações coordenadas adversativas quando a conjunção aparecer no meio da oração ou prolongar o tempo de pausa de conjunções adversativas (porém; contudo; entretanto; todavia etc.)

Ex.

Eu prefiro morar no centro da cidade; porém, aceito um valor menor no bairro.