Falso policial é preso ao tentar visto na embaixada dos EUA em Brasília

Suspeito foi detido ao apresentar documento falso da Polícia Civil de Goiás. Ele tentava autorização para viajar com a mulher e dois filhos

12/09/2018 - 23:19 hs
Foto: Marília Marques/G1
Falso policial é preso ao tentar visto na embaixada dos EUA em Brasília
Documento falso usado por homem que tentava visto na Embaixada dos Estados Unidos

Um homem de 35 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (12) ao se passar por policial civil e apresentar um documento falso na embaixada dos Estados Unidos, em Brasília. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, Deyvid Charles Magalhães Costa tentava o visto de entrada no país norte-americano, como turista

Acompanhado da mulher e de dois filhos, Costa foi descoberto durante a entrevista presencial. De acordo com o delegado João de Ataliba, a segurança da embaixada desconfiou do documento apresentado e chamou a polícia.

“Ele apresentou a funcional de agente da Polícia Civil de Goiás e dizia que trabalhava na 5ª DP, em Goiânia, mas o campo do CPF, na carteira, estava no local errado.”

O delegado disse que ao conferir os dados do documento com a Segurança Pública do estado de Goiás, a pasta negou que Costa fosse policial. O suspeito foi detido na saída da embaixada.

Costa está preso na carceragem da 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul, em Brasília. A mulher e os filhos foram liberados.

Documento falso

Ao ser preso, Costa teria confessado a falsificação do documento, segundo a Polícia Civil do DF. “Ele disse que estava sendo ameaçado de morte e, por isso, precisava sair do país”. Na delegacia, o suspeito permaneceu calado.

De acordo com as investigações, o falso agente trabalhava como motorista de transporte privado por aplicativo, em Trindade (GO). Ele também tem passagens pela polícia, por tráfico, segundo Ataliba. Ainda não se sabe se Costa usou o documento para obter vantagens. (Com conteúdo do G1).