Por que a salada fica mais saudável com gorduras

Temperar a salada com azeites e acrescentar queijos, por exemplo, pode dobrar a absorção de nutrientes dos vegetais

14/11/2017 - 20:01 hs
Foto: (iStock/iStock)
Por que a salada fica mais saudável com gorduras
Por que a salada fica mais saudável com gorduras

Vegetais são mais saudáveis sem tempero, certo? Errado. De acordo com um novo estudo publicado no periódico científico American Journal of Clinical Nutrition, adicionar óleos vegetais e queijos às folhas e legumes pode aumentar em até duas vezes a absorção de oitro nutrientes pelo metabolismo – as vitaminas A, E e K, associadas à melhora da visão e à prevenção do câncer, luteína, alfa e betacaroteno e licopeno.

Tempero ideal

Pesquisas anteriores já revelaram que gorduras vegetais, como azeites e nozes, e queijos podem potencializar o efeito de um antioxidante que ajuda a diminuir a quantidade de radicais livres e de colesterol do organismo – o licopeno, substância carotenoide encontrada em alimentos de cor avermelhada, como o tomate e a cenoura.

A pesquisa

Para chegar a esses resultados, cientistas da Universidade Estadual de Iowa, nos Estados Unidos, analisaram 12 mulheres de idades universitárias, que geralmente possuem um metabolismo mais acelerado, que comeram cinco saladas – uma sem tempero e as outras com diferentes quantidades de óleo de soja (duas, quatro, oito e 32 gramas).

Depois das refeições, exames de sangue foram feitos para acessar o nível de absorção dos nutrientes entre as participantes.

Quantidade

O maior nível de absorção de nutrientes foi observado quando elas adicionaram 32 gramas do óleo à salada, o equivalente a duas colheres de sopa, quantidade limite recomendada pelas diretrizes americanas de alimentação.

Segundo os pesquisadores, a quantidade de nutrientes absorvida dos alimentos era proporcional a quantidade do tempero adicionado ao prato. “Adicionar duas vezes a quantidade do óleo na salada leva ao dobro da absorção de nutrientes”, disse Wendy White, principal autora do estudo.