Próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados, Oezdemir é preso nos EUA

Fiança do lutador do Ultimate, detido por "agressão grave", na Flórida, é de US$ 10 mil

19/11/2017 - 17:28 hs
Foto: (reprodução/Twitter)
Próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados, Oezdemir é preso nos EUA
Volkan Oezdemir é o próximo na fila da disputa de cinturão dos meio-pesados

Se dentro do octógono Volkan Oezdemir atravessa ótima fase, fora do cage a vida do lutador está mais complicada. O atleta, que deve ser o próximo a desafiante ao cinturão do peso-meio-pesado, que pertence a Daniel Cormier, foi preso por agressão grave, sábado, em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos.

O site da polícia da Flórida - estado onde ele foi preso - não esclarece a quem o suíço agrediu. Ele segue detido e precisará pagar US$ 10 mil (aproxidamente R$ 34 mil) de fiança para ser liberado.

Em segundo lugar no ranking da categoria, Volkan Oezdemir está invicto no Ultimate. Ele estreou com vitória por pontos contra Ovince St-Preux, em fevereiro deste ano e, na sequência, nocauteou Misha Cirkunov e Jimi Manuwa, ambos em menos de um minuto.

O UFC ainda não se pronunciou, portanto, é impossível saber se o episódio irá atrapalhar a escalação de Oezdemir contra Daniel Cormier. A expectativa é de que o confronto seja marcado para o UFC 220, dia 20 de janeiro, em Boston.