Atrito entre atacantes por mulher esquenta vestiário de rival do Flamengo

Téo Gutiérrez teria enviado mensagens picantes para esposa de Ovelar, que cobrou atitude da diretoria do Junior Barranquilla. Escândalo é assunto às vésperas da semifinal da Sul-Americana

21/11/2017 - 19:12 hs
Foto: (divulgação)
Atrito entre atacantes por mulher esquenta vestiário de rival do Flamengo
Jogadores do Junior Barranquila se envolvem em polêmica

Adversário do Flamengo na semifinal da Copa Sul-Americana, o Junior Barranquila poderia estar somente no noticiário esportivo, mas também ganhou espaço nos sites e revistas de fofoca da Colômbia graças a um escândalo envolvendo o paraguaio Ovelar e o colombiano Teo Gutiérrez. O motivo? A esposa de Ovelar, Gladys Ortega. Segundo o portal "Fútbol sin Límites" e o jornal "Al Día", ela teria recebido mensagens de Gutiérrez com conteúdo "ardente", através das redes sociais.

Um áudio atribuído a uma amiga de Gladys (ouça neste link) descreve o que teria acontecido. Ao receber as mensagens, a esposa de Ovelar teria mostrado o conteúdo ao marido, que relatou o fato ao clube - os dois completaram 10 anos de casados no ano passado e têm dois filhos.

Ainda segundo a imprensa colombiana, Gutiérrez foi chamado pelos dirigentes para tratar do assunto em uma reunião, mas negou ter sido o autor das mensagens. O jogador explicou que suas redes sociais são controladas por outra pessoa, a quem atribuiu a responsabilidade.