Com caso Cristiane Brasil nas mãos de Cármen Lúcia, Temer discute recorrer ao plenário do STF

Agora, a expectativa no Planalto é de que em 48 horas Carmen Lúcia decida definitivamente, após analisar documentos da ação, pela suspensão da posse de Cristiane Brasil

22/01/2018 - 14:27 hs
Foto: (Reprodução/TV Globo)
Com caso Cristiane Brasil nas mãos de Cármen Lúcia, Temer discute recorrer ao plenário do STF
O presidente Michel Temer

O presidente Michel Temer já discute recorrer ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) da decisão que suspendeu a posse da deputada Cristiane Brasil para o Ministério do Trabalho.

Auxiliares do presidente disseram ao blog nesta segunda-feira (22) que o governo vai "até a última instância" para tentar reverter a suspensão.

Neste domingo (21), a avaliação do governo era a de que o ministro Gilmar Mendes - sorteado inicialmente como relator do caso - poderia dar uma decisão favorável ao governo.

Mas, segundo informações do STF, houve um erro da Secretaria Judiciária na distribuição do caso, que deveria ter seguido diretamente para a ministra Carmen Lúcia, presidente da Corte. Ao distribuir o caso, a Secretaria Judiciária deixou de cumprir regimento interno do STF.

A informação já foi discutida - e lamentada - por auxiliares do presidente Temer na manhã desta segunda.

Agora, a expectativa no Planalto é de que em 48 horas Carmen Lúcia decida definitivamente, após analisar documentos da ação, pela suspensão da posse de Cristiane Brasil.

Com isso, Temer já prepara recurso ao plenário do STF para que os ministros deliberem sobre o tema. Como o STF está em recesso, isso só ocorrerá a partir de fevereiro.